Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Bem-vindos aos Blogs do Ticas, este vosso novo amigo na Blogosfera

Venham comigo, com o Quico e com o Ventor

Pilantras - o Ticas
Caminhem aqui com o Ticas, o Ventor e o Quico
Caminhem n'A Grande Caminhada do Ventor
Caminhem também por estes trilhos
O Ticas nos Trilhos do Quico: com o Ventor

O Fotoblog do Pilantras: sempre com as flores

Pilantras - o Ticas: recordarei sempre o Quico

Venham connosco. A Grande Caminhada nunca acaba!



O Filho do Tobias

por Pilantras, em 14.05.13

Olá, malta!

Tenho andado cá metido numa alhada!

Quando eu era um gato livre, apetecia-me caçar tudo! Caçar os pombos, caçar pardais, caçar melros, caçar as rolas turcas que cantavam para eu não dormir, caçar ratos, caçar garças, ... tudo! As piores de todas as aves, eram as rolas! Eu dormia junto ao rio, à sombra ou ao sol e elas iam beber água e, talvez para me acordarem, só queriam cantar.

 

 

São turcas e invadiram o resto da Europa

 

Ainda não percebo porque raio o Ventor gosta tanto, logo de manhã cedo, de ouvir cantar as rolas turcas. Agora elas não me chateiam tanto. Já nem as ouço mas, quando estava a dormir, só gostava de ouvir cantar as águas que desciam rumo ao Tejo para engrossar aquela grande piscina para caberem todas as tágides e elas pousavam nos salgueiros e nos choupos para me sarnarem com o seu ru-ru, ru-ru ...

 

Agora, logo de manhã, eu e o Ventor, mal iniciamos o dia, rumamos à varanda de trás. Ele abre a janela e, assim, lá vem o ru-ru, ru-ru, pela varanda dentro. Instalo-me no miradouro do Quico e lá andam as rolas na sua cantoria e no seu sobe e desce entre as árvores e o rio!

 

 

Pai e filho iniciaram uma caminhada com esperança de prosseguirem

 

Do miradouro do Quico, eu observo tudo! É uma azáfama para todos os bichos, penudos, peludos e escamudos. Sim, até os peixes, os mais pequenos, têm vontade de se tornarem em peixes invisíveis, tal como o homem invisível de que o Ventor me fala. Eles passam a vida a ludibriar as garças que se alimentam deles. Não é por acaso que o Ventor já viu aqui um guarda-rios. Mas ele não voltou porque, as garças, comem os peixinhos todos e dos que escapam e crescem tornam-se quase monstruosos! As garças que se cuidem porque há por aí umas doze carpas que até parecem as carpas do Nilo e, as garças fogem delas.

 

 
Trepadeira - Certhia familliaris
 
O Ventor chama-lhe "escrevideira" porque elas parecem escrever com o bico quando apanham os pequenos insectos nos troncos das árvores

 

Mas, nestes últimos dias, eu e o Ventor temos aplicado toda a nossa atenção nos choupos. De manhãzinha cedo, aparecem umas avezinhas pequeninas que trepam as árvores a subir e a descer. O ventor diz-me que são "escrevideiras"! Parece que escrevem mensagens nas árvores com o bico. Sobem a escrever e, por vezes, descem a escrever. Mas, na prática, elas, quando não querem ou não podem subir mais, voltam à base do tronco e continuam na sua saga alimentícia, comendo mas parecendo que estão a escrever com o bico ou, então, passam para outra árvore ao lado.

 

 

 

O Ventor diz que este menino deve ser filho do nosso amigo melro - o Tobias

 

 
São lindos estes meninos melros

 

Mas tivemos aqui mais um pequeno amigo. Um melrinho, rechonchudo que voou para o choupo e ficou ali uma manhã inteira a conversar comigo e com o Ventor. Eu nem sei como estes melrinhos e outros passarinhos conseguem escapar e virem a ser grandes. Ele ainda não sabe "falar" com o Ventor, só pia e, por isso, ainda não sabemos se é filho do Tobias. Está lá outro ninho e são da mesma igualha. O Ventor diz que, se for filho do Tobias e for tão simpático como o pai e a mãe, não tarda muito virá conversar connosco para o choupo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:52


1 comentário

De Tina a 16.05.2013 às 20:38

Que LINDo o teu post, Ventor!
Adorei ler e reler as histórias que aqui contas e do teu Pilantras, tb|
Um dia destes vou conhecer o filhote do Tobias...apresentas-me? Já conheço esse lugar junto de tua casa...MARAVILHOSO... Sortudos vcs, e ainda por cima da varanda podem mirar todo esse espectacula que a Natureza vos oferece!

Bem, como sempre gostei muito de te visitar e ao teu blog|
Um grande beijinho para todos vcs!<3

Comentar post




Sutton Hoo

Parece uma máscara do dia das bruxas mas não é. É uma réplica de um elmo encontrado numa localidade inglesa chamada Sutton Hoo. Dizem ser da Alta Idade Média e foi encontrado numa sepultura de um líder anglo saxão




A Cruz da Vitória

Com este sinal o piedoso é protegido. Com este sinal o inimigo é vencido.

A Cruz da Vitória foi feita por artesãos francos às ordens de Afonso III das Astúrias. Esta cruz converteu-se no símbolo do reino das Astúrias e está guardada na Câmara Santa da Catedral de São Salvador de Oviedo




O Vexiloid de Alexandre Magno



Foi atrás do drapejar deste símbolo que milhares de homens seguiram Alexandre Magno. na Europa (Macedónia, Grécia), na África (Egipto) e na Ásia (através do Império Persa).




Jasão, herói grego

Douris_cup_Jason_Vatican_16545DP.jpg


Jasão, o herói grego que foi com os argonautas buscar o velo de ouro à Cólquida, hoje localidade na Geórgia, no mar Negro. Ele está a ser regurgitado pela serpente ou dragão que guardava o velo. Atena estava a interferir por Jasão


Mais sobre mim

foto do autor






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.