Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pilantras com o Ventor

O gato Ticas, nos trilhos do Ventor

O gato Ticas, nos trilhos do Ventor

Pilantras com o Ventor


Bem-vindos aos Blogs do Ticas, este vosso novo amigo na Blogosfera

Venham comigo, com o Quico e com o Ventor

Pilantras - o Ticas
Caminhem aqui com o Ticas, o Ventor e o Quico
Caminhem n'A Grande Caminhada do Ventor
Caminhem também por estes trilhos
O Ticas nos Trilhos do Quico: com o Ventor

O Fotoblog do Pilantras: sempre com as flores

Pilantras - o Ticas: recordarei sempre o Quico

Venham connosco. A Grande Caminhada nunca acaba!

21
Jul14

Os Caminhos de Santiago

Pilantras

 

Pelos caminhos de Santiago.

Já muita gente ouviu falar dos caminhos de Santiago. Os caminhos de Santiago são vários e todos têm a meta em Compostela, no centro da Galiza. Por ser em Compostela, daí o Santiago de Compostela.

 

 

Santiago Maior Foto da minha amiga Wiki

 

O Ventor contou-me a história de Santiago como já a tinha contado ao Quico e essa história toda a gente já terá ouvido contá-la, bem como já terá ouvido falar da vieira, do cajado, da cabaça da água, ... dos peregrinos que há muitos séculos pisam os caminhos que de vários países da Europa se dirigem para Compostela, na demanda de Santiago.

 

O Ventor também me contou que Santiago terá pregado o Evangelho por terras da velha Ibéria ou a Espanha Romana e, um dia, talvez com saudades ou por necessidades da pregação, voltou às terras da Judeia, tendo sido decapitado em Jafa ou Jerusalém. Posteriormente à sua morte, os seus discípulos, Teodoro e Atanásio, transportaram o corpo de Santiago, num barco de pedra, soprado pelos anjos, até ao local onde é hoje Padrón, então porto da Iria Flavia, uma localidade romana.

Depois muitas coisas aconteceram até aos nossos dias em honra de Santiago e os caminhos da peregrinação aí estão traçados nos chãos de Espanha, França, Portugal, ...

 

 

 Igreja de Santa Maria de Iria Flavia, porto na confluência dos rios Sar e Ulla. Por aqui passou Santiago. Uma foto de Lago Pillado, tirada da Wikipédia sob esta licença http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/

 

 

Réplica da antiga ara romana na qual, segundo a lenda, foi amarrada a barca de pedra que transportou os restos mortais do Apóstolo Santiago, desde a Terra Santa para a Galiza e que está na origem do topónimo Padrón (Foto tirada da minha amiga Wiki). A ara original está hoje situada por baixo do altar da igreja de Santiago em Padrón

 

Foi em Padrón, que uma vez o Ventor e família comeram um bife feito em horas extraordinárias, pela cozinheira que já ia na rua e o patrão do restaurante a chamou para nos fazer o bife, a coisa mais rápida. Quando nós pensávamos que toda a gente estaria na janta, já todos iam dormir.

 

O Ventor já caminhou (rodando de automóvel) por alguns desses caminhos que a vieira nos indica, alguns dos quais foram absorvidos por estradas. Mas agora tenho outra história que o Quico, o velho amigo do Ventor, não chegou a conhecer.

 

Temos outo Santiago! Este é nosso

  

 

 Santiago, outro amigo do Ventor

 

Para o Ventor há outro Santiago na nossa vida. Este chegou há poucos meses, também como o primeiro de que tanto já ouvimos falar. Apareceu do nada sob o tecto do nosso amigo Apolo e iluminado pela sua luz. Os caminhos deste Santiago não são indicados por "vieiras" pintadas de amarelo sobre postes de madeira e o Ventor teve de o fazer no sentido diferente de Compostela, rumo ao Lugar do Sol.

 

 

 Continuará a ter os colos do carinho que já outros lhe terão dado que não aquele que lhe deu a luz

 

É verdade! Nascido no Hospital Amadora Sintra, rumou ao Estoril onde acostou e, donde mais tarde, outros discípulos o transportaram para o Lugar do Sol. Ali, iluminado por Apolo de dia e de noite por Diana, dois belíssimos amigos do Ventor, ele é guardado por belezas do mundo que o homem teima em destruir.

 

 

 Santiago observa curioso o mundo que o rodeia. Já ouviu o Ventor falar da natureza que o espreita. Animais ...

 

 

 ... bem como as flores coloridas que se vai habituar a observar no seu novo Lugar do Sol e os insectos esvoaçando sobre elas

 

Ali, o novo Santiago vai aprender, na sua escola da vida, a conviver com muitos dos amigos do Ventor. Cobras e lagartos, abelhas e besouros, coelhos e perdizes, águias e falcões, rolas e pombos, pintassilgos e rouxinóis, entre muitos outros, serão alguns dos amigos do Ventor que irão velar por este nosso Santiago.

E com eles, o Ventor espera tudo de bom no futuro do Santiago.


Sutton Hoo

Parece uma máscara do dia das bruxas mas não é. É uma réplica de um elmo encontrado numa localidade inglesa chamada Sutton Hoo. Dizem ser da Alta Idade Média e foi encontrado numa sepultura de um líder anglo saxão


A Cruz da Vitória

Com este sinal o piedoso é protegido. Com este sinal o inimigo é vencido.

A Cruz da Vitória foi feita por artesãos francos às ordens de Afonso III das Astúrias. Esta cruz converteu-se no símbolo do reino das Astúrias e está guardada na Câmara Santa da Catedral de São Salvador de Oviedo


O Vexiloid de Alexandre Magno



Foi atrás do drapejar deste símbolo que milhares de homens seguiram Alexandre Magno. na Europa (Macedónia, Grécia), na África (Egipto) e na Ásia (através do Império Persa).


Jasão, herói grego

Douris_cup_Jason_Vatican_16545DP.jpg


Jasão, o herói grego que foi com os argonautas buscar o velo de ouro à Cólquida, hoje localidade na Geórgia, no mar Negro. Ele está a ser regurgitado pela serpente ou dragão que guardava o velo. Atena estava a interferir por Jasão

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.