Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pilantras com o Ventor

O gato Ticas, nos trilhos do Ventor

Pilantras com o Ventor

O gato Ticas, nos trilhos do Ventor

Foto, a morte do rei Artur

 

ticas2.jpgPilantras - o Ticas

Eu sou Pilantras - o Ticas

Bem-vindos aos Blogs do Ticas, este vosso novo amigo na Blogosfera.

Caminharei por aqui ao lado do Ventor nas suas caminhadas, pela África e pelo Passado e do Quico, com a sua arrelia.

E, claro tenho um belo  Fotoblog do Pilantras


27.06.14

As Lagartixas


Pilantras

Diz-me o Ventor que as lagartixas são o exemplo de que o inimigo pode estar sempre presente.

Às vezes está dentro da nossa própria casa.

Que ele está sempre presente está!

Quando uma pessoa ou um gato está a ficar bem na vida, quando se arranja um par que nos atraiçoa, quando olhamos para trás e vemos como somos levados, dá-nos vontade, até aos mais santos de todos, cortar o mal pela raiz.

Foi o que esta lagartixa disse ao Ventor que foi dentada por uma parceira vergonhosa. É triste, mas é verdade, até entre as lagartixas!

 

A lagartixa mazona, apanhou-a pelo lombo, a outra apanhou-a pelas mandíbulas

Andava o Ventor a tentar "caçar" um dos seus amigo chapins, para a foto e, tentando encontrá-lo, deparou-se com uma lagartixa a caminhar, sobre uma pedra, do lado de lá do rio. Pensou: "vou tentar fotografá-la para ver como fica a esta distância". Apontou a máquina e já não a viu a caminhar, mas viu-a caminhar com uma bolota na boca. Era o que lhe parecia.

Fez click e voltou a olhar a lagartixa, que já não levava nada na boca. Aproveitou e apontou a máquina para a parte debaixo da pedra e verificou que estava lá outra lagartixa atarantada.

 

 Quando viu as mandíbulas apertadas largou-a e lá foram cada uma à sua vida

O Ventor disse-me que não percebeu nada daquilo e, quando descarregou as fotos verificou que o que lhe parecera uma bolota, era, na realidade, outra lagartixa que tinha sido atacada, enrolada na cabeça da primeira.

 

Era uma vez uma lagartixa que serviu de lanche à garça

Mas há outros inimigos bem mais perigosos e não é por acaso que muitas delas não têm rabo. Esta garça boieira correu à frente do Ventor, pensava ele que ia a fugir dele. Mas não. A lagartixa é um dos seus alimentos preferidos. Engoliu a lagartixa primeiro e depois lá foi à sua vida. Normalmente o Ventor diz que não deixa que uns apanham os outros, junto dele, mas esta malandra conseguiu ludibria-lo.